Notícia

Segunda, 24 de setembro 2018 fonte: Acessoria e Marketing

Os reflexos jurídicos da inseminação artificial “doméstica”

São muitas as inovações que se fazem presente no Direito de Família e também no Direito Sucessório. E tais novidades de ordem fática acabam exigindo um posicionamento do legislador, quando não exigem do Poder Judiciário, solução para as questões que se tornam conflituosas e são apresentadas pelas partes.

Pois bem, aos que acompanham estas modificações puderam ler as notícias em jornais diários sobre a nova forma de inseminação artificial, denominada de “doméstica”; uma vez que não é feita em clínica especializada, com todos os requisitos médicos para o procedimento. Mas sim, feito do modo caseiro, onde o sêmen é colhido e a fecundação feita artificialmente, com seringas transportadoras deste material, sem qualquer acompanhamento médico ou assepsia exigida pela literatura médica, quando do manuseio e transporte do material genético masculino até o útero.

Clique aqui e leia na íntegra






voltar

Voltar



Horários de Atendimento
Segunda a Sexta (Exceto Feriados): 12:00 às 22:30h
Sábados: 08:00 às 12:00h
Informações de contato
Fone: (34) 3326 5600 / Fax: (34)3326-5600
Rua Senador Pena, 521 / Centro
Cep: 38010-400 / Uberaba - MG

Copyright © 2009, UNIPAC Uberaba