Notícia

Terça, 10 de outubro 2017 fonte:

UNIPAC de Uberaba realiza mais um Intervalo Cultural

Foi realizado, no dia 04 de outubro, mais um Intervalo Cultural em nossa Instituição. A temática do encontro, Direito Humanos, desta vez organizado pelos alunos do 9º período do curso de Direito e os professores: Luís Fernando Alves Silva e Delcira Aparecida Soares.

Inicialmente a Diretora Acadêmica, Professora Maria Antonia Borges, abriu o evento falando da importância de reunir a comunidade acadêmica para uma breve reflexão sobre o tema proposto. Informou sobrea parceria firmada entre a UNIPAC de Uberaba e a Fundação Cultural de Uberaba, visando a cooperação técnica para viabilizar este projeto denominado de “Intervalo Cultural”.

Na sequência, o professor Luís Fernando Alves Silva, agradeceu a presença de todos. Explicou quais participações teríamos para este Intervalo e ressaltou a relevância dessa temática nas atividades curriculares e extracurriculares dos cursos.

Em seguida os alunos do 9º período de Direito, falaram sobre Direitos Humanos e Direitos das Minorias

Na oportunidade, tivemos a brilhante participação do Professor Pedro Coutinho, que enfatizou que na vida as minorias representam problema. Para resolvê-lo temos inicialmente que identificá-lo. Sem isto não há como encontrar as saídas que a própria convivência propõe. Acrescentou que as leituras sociológicas nos sugerem, sempre, que somos divididos em estamentos, ou camadas:
A partir de Classes, somos Ricos se temos renda maior que nossas necessidades; somos classe Média se temos renda igual às nossas necessidades; somos Pobres se a renda é menor que a necessidade e somos Miseráveis se não temos renda estável, vivemos de ‘biscates’.
Explicou, também, que a partir de Castas somos Nobres ou Servos, de acordo com nossa origem familiar.A partir do sexo somos Homens, Mulheres, Homossexuais, se nascemos com estas características.A partir da idade somos Velhos, Adultos, Jovens, Adolescente, Crianças, ... e, a partir daí, são definidos os nossos lugares e direitos.
A partir das Oportunidades que recebemos somos Minorias, se excluídos ou Maioria, se privilegiados.A compreensão de tudo isto depende da instrução que recebemos, dos saberes que conseguimos adquirir.A discriminação que praticamos depende da educação que recebemos na família, na convivência social e na escola.
Ninguém escolheu nascer como é e no grupo social em que se encontra. Também nem sempre a vida oportuniza escolher este grupo.Onde sociedades cuidaram da educação de sua gente as diferenças sociais foram minimizadas: assim no Japão, na Suécia, na Coréia do Sul, .... Nospaíses pobres, como o nosso, a única escada que temos para obter os conhecimentos necessários à identificação dos problemas que nos dividem socialmente é a educação escolar. Infelizmente países pobres têm escolas ruins que exigem muito mais esforço dos estudantes para desenvolver seus conhecimentos.
Os mais estudiosos percebem que toda pessoa humana é somente pessoa humana. São como eles independentemente de riqueza, origem familiar, sexo, idade, cor, cultura, ... Merecem receber o melhor tratamento e o mais respeitoso.

Posteriormente com o apoio da Fundação Cultural de Uberaba, tivemos a apresentação do músico Marcelo Taynara, e a peça “Os Segredinhos”, com a atriz Ana Elisa Gonçalves.















voltar

Voltar



Horários de Atendimento
Segunda a Sexta (Exceto Feriados): 12:00 às 22:30h
Sábados: 08:00 às 12:00h
Informações de contato
Fone: (34) 3326 5600 / Fax: (34)3326-5600
Rua Senador Pena, 521 / Centro
Cep: 38010-400 / Uberaba - MG

Copyright © 2009, UNIPAC Uberaba